No caminho para a santidade

Como podemos celebrar a santidade marianista, o testemunho de nossos beatos e crescer em nosso chamado à santidade? A Circular nº 2 do Superior Geral nos ajuda a seguir o caminho de nossa vocação com os olhos fixos em Maria, a quem na Anunciação provocou espontaneamente e entusiasticamente o caminho à Visitação. A imagem do caminhar expressa bem o conteúdo desta circular.

Dom Jacoupy, Bispo de Agen (no centro), abençoa o pe. Chaminade e madre Adela.

O Superior General salienta que: "O próprio Jesus está muitas vezes a caminho", e acrescenta que "somos discípulos de um Deus que caminha incessantemente por nossos caminhos". O desejo do Beato Chaminade é que sejamos "o homem que não morra", e, também "um homem a caminho", encorajado por um profetismo mariano. Lembremos dessa outra frase do fundador: "Teremos que ir até o fim do mundo". É o mesmo chamado da Bem-Aventurada Madre Adela para suas irmãs: "Estamos dispostas a ir por todo o mundo para fazer-lhe amar [a Jesus Cristo]". Um provérbio também afirma: "Aquele que tem o hábito de andar, se cansa se ele se senta". Então, vamos continuar a marcha, com a certeza que "Maria não deixará de nos visitar e de visitar a humanidade". Esta marcha, já que é feita em conjunto na Família Marianista e ao som do Magnificat, será realizada, apesar do cansaço do caminho, na alegria e na festa. E contribuirá significativamente para a proclamação da santidade de nossos Beatos Fundadores.

Notícias Recentes
Arquivo
Procurar por tags