O legado de Madre Adela

Encerramos com esta segunda parte a reflexão, proporcionada pela Irª. Patricia Acunã, fmi (Religiosa Marianista do Chile) sobre o papel de Madre Adela (Beata Maria da Conceição) e a importância de sua beatificação.



O legado da Beata Adela de Batz de Trenquelléon


Depois do falecimento da fundadora das Filhas de Maria Imaculada (Marianistas), começa seu legado às novas gerações que comporiam a Família Marianista ao redor do mundo. Suas cartas, veículo de oxigênio que com tanta alegria compartilhava, começam a ser seu testamento espiritual. Além disso, seu ardor missionário torna-se o testemunho de trabalho incansável pelo Reino. Não basta nos alegrarmos por sua beatificação, é necessário ascender em cada um de nós o desejo de conhecer esta brisa que vinha do Senhor, o que motivava Adela, o que a apaixonava em seu constante levar os demais a olhar a Ele, Jesus; a empreender grandes sonhos somente com a lâmpada da fé. Devemos aprender muito da Beata Adela de Batz de Trenquelléon que hoje nos impulsiona e nos motiva com seu convite para a missão.



Nosso compromisso com a vida

Todos estamos convidados a ser “brisa” nas horas de fogo, chamas na escuridão e, de alguma forma somos a cada dia, mas estamos chamados a seguir no caminho de chegar a ser amigos de Deus, colaboradores, irmãos, como nos chamou Jesus. Nossos fundadores, os beatos Guilherme-José Chaminade e Adela de Batz, deram o passo e seus filhos espirituais nos alegramos e nos motivamos pois compreendemos que a santidade não é sinônimo de perfeição, não é privilégio de alguns. Existem muitos santos, amigos de Deus caminhando por nossas ruas, em nossos trabalhos, há pessoas que faz tanto bem a seus irmãos. É nossa tarefa purificar cada vez mais as motivações que nos levam a fazer o bem, vencer o ego cada vez que ele busca a forma de nos atacar, pois o verdadeiro amigo de Deus é quem faz o bem libertado das motivações egocêntricas de obter benefícios, sejam de forma material, de prestígio, de afeto, de tantas carências que vamos dissimulando pela vida.


Como podemos avançar no caminho da amizade com Deus? A exemplo de Madre Adela, vivendo com alegria de coração; fazendo a experiência da vida comunitária com Cristo; convidando a outros para viver esta experiência; animando constantemente aos nossos irmãos, aos que Deus coloca em nosso caminho; vivendo a missão com a ternura de Deus e abraçando a vida, inclusive a morte.

Notícias Recentes
Arquivo
Procurar por tags

Leigos      -      Religiosas      -      Religiosos

sm_logo_pequeno_edited.png

Campinas      -      Bauru    -      Marília