Please reload

Notícias Recentes

MILAGRE DE ADELA DE BATZ PARA SUA BEATIFICAÇÃO

28.05.2018

Muitas pessoas sabem que Adela de Batz será beatificada no próximo 10 de junho em Agen (FRANÇA), mas poucas pessoas escutaram a história de irmã italiana que foi curada de seu câncer através da intercessão de Adela. Por meio deste milagre chegou-se à beatificação de Adela. Siga para conhecer mais a história do milagre.

 

 

Ao final da década de 1990, uma irmã marianista italiana chamada Michaela Messina era noviça (etapa inicial para converter-se em religiosa marianista). Certo dia foi ao médico queixando-se de dor no abdome. Resultou que tinha um câncer no estágio quatro. O médico disse qualquer coisa que pudesse fazer por ela não teria resultado, pois o câncer estava muito avançado. Então Michaela voltou à comunidade, preparando-se para a morte e aceitando voluntariamente o destino que esperava.

 

A irmã Franca Zonta, enquanto isso, tinha outras ideias. Franca era a formadora de Michaela, hoje é a atual Superiora Geral das Religiosas Marianistas, e decidiu que todas as irmãs deveriam rezar pedindo a intercessão de Adela. Desta forma Michaela poderia ser curada de seu câncer. Então as irmãs rezaram fervorosamente para que Adela intercedesse por Michaela.

 

Uma noite, pouco depois de tudo isso, Michaela estava dormindo em sua cama. Enquanto estava sonolenta, olhou em direção ao final de sua cama e viu uma mulher parada, observando-a. Estava vestida com um hábito. Em seguida Michaela soube que era a Madre Adela. Detrás dela havia uma longa fila de irmãs e todas olhavam para Michaela e sorriam. Nenhuma delas disse uma palavra, somente a olharam em silêncio. Logo depois Michaela voltou a dormir.

 

Pela manhã, Michaela mencionou este “sonho” à sua comunidade de irmãs e decidiram levá-la ao médico. O médico realizou todo tipo de exames a Michaela e ficou surpreso ao descobrir que não havia rastos de câncer. O que era um grande tumor anteriormente, desapareceu repentinamente. E o câncer de Michaela nunca retornou.

 

Quinze anos duraram as investigações médicas no Vaticano para descartar explicações médicas e científicas pela cura. Em 2015, o Vaticano declarou oficialmente a cura milagrosa de Michaela por intercessão da Madre Adela de Batz

 

Abaixo vemos a irmã Michaela (D), voltando a contar a história de seu milagre, sentada ao lado da Madre Franca Zonta (E), Superiora Geral das FMI.

 

 

 

#AdeleCountdown #Marianist

#BeataAdela #FamiliaMarianista

#10062018

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo

Leigos      -      Religiosas      -      Religiosos

Campinas      -      Bauru    -      Marília