Please reload

Notícias Recentes

Família Marianista em formação

15.02.2018

           Entre os dias 3 e 4 de fevereiro, no Centro Marianista Caná (CAMPINAS), grande número de integrantes da Família Marianista do Brasil participaram da formação animada e dirigida pelo padre Luís Casalá, sm (Religioso Marianista da Argentina). A temática trabalhada nestes dias foi a riqueza espiritual marianista, “Os Cinco Silêncios”. Para muitos o tema trabalhado instigava o crescimento pessoal e espiritual, além disso, o lugar era outra ferramenta que auxiliava o simples estar.

A odor das plantações de figos ao redor, o lago e as diferentes capelas em si trazem a sensação de paz. Juntamente com os tempos de formação, a partilha fraterna em família e os questionamentos deixados pelo pe. Luís, foram outros pontos significativos para os participantes destes dias.

            Para Luís e Teresa Margatho das CLMs de Bauru a formação foi reveladora. “A agitação dessa vida moderna nos desconcentra muito. Isso percebemos, mas não, o quanto isso nos deixa desatentos, superficiais, incompetentes a perceber os sinais”. Seguem dizendo que “é possível ser uma pessoa melhor e mais feliz ao desenvolvermos nossa espiritualidade, utilizando-se o silêncio como ferramenta”.

            A questão do idioma não impediu aos participantes o envolvimento desde os primeiros momentos. Conhecer, atualizar a proposta do Beato Guilherme José Chaminade, possibilita a percepção que ela é um instrumento que prepara o discípulo-missionário de Jesus para a vivência da fé.

            Anísia Motta, também de Bauru, escreve que “a prática da meditação é atividade fundamental para qualidade de vida pois, a partir da concepção antropológica cristã somos uma unidade. Então não é prática só espiritual, é exercício de humanização”. Nesta área, o padre Casalá trabalhou temas da espiritualidade cristã e marianista ao longo das sessões, atividades nas quais leigos e leigas agradeceram. Cláudia Caniatto, das CLMs de Marília, registra aos que tem dificuldades na questão do idioma, “que não deixem de participar, pois o idioma e a comunicação deve ser uma barreira a ser transposta por nós para alcançarmos algo muito bom. Vale a pena!”. E acrescenta: “Ficou um gosto de quero mais, pois dois dias foram muito pouco para um conteúdo tão rico e importante”.

            Vania Moretto, leiga marianista de Bauru que também participou da semana de Exercícios Espirituais, sintetiza a experiência da semana como  uma oportunidade de que pode dar “um grande sentido a minha vida, seguir algumas dicas, estar atenta, meditar, praticar os vários silêncios, inspirar em Maria, seguindo a Jesus e ser feliz!”.

Agradecemos ao padre Luís Casalá, sm e toda sua dedicação em preparar e se dispor a acompanhar durante estes dias a Família Marianista do Brasil. Que Deus e Maria, de Aparecida e de Luján, o abençoe sempre!

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo

Leigos      -      Religiosas      -      Religiosos

Campinas      -      Bauru    -      Marília